AO CORRER DOS DEDOS PARTE 4 - ELE VEIO ME CHAMAR!

AO CORRER DOS DEDOS PARTE 4 - ELE VEIO ME CHAMAR!

 

Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores. Mc 2.17

Sim Senhor, nós estávamos doentes, desenganados, a beira da morte, e Tu vieste, nos resgatar, nos sarar, nos dar nova vida, a nós, os doentes, os leprosos, os pecadores. E com a tua voz terna e eterna chamaste a cada um de nós pelo nome, e disseste: ‘meu filho, Eu posso te curar, eu vim para te curar, e para te dar vida eterna’. Aleluia.

Não existem palavras para descrever o seu amor, Senhor. Tu me abraçaste enquanto eu era um leproso, um doente, sem esperança, sem futuro. Mas Tu me abraçou com um amor como nunca vi igual, pois não há. Nem o abraço de minha mãe foi tão terno. E quando Tu me abraçou eu disse: Sim, eu preciso  ser curado, me ajuda. E Tu tens me feito conhecer o seu amor, a cada dia, a cada passo sinto o seu abraço.

Existem muitos justos. Justos aos seus próprios olhos, justos aos olhos dos homens. Mas quantos justos há diante dos Teus olhos, sem que Tu os justifiques,?‘pois todos pecaram’ (Rm 3.23).   Mas eis que somos justificados. Estamos todos doentes até que Tu nos toque, e nos cure de nós. E quanto mais são se achar o ‘justo’, mais doente estará, a semelhança de um louco que como tal considera-se o único lúcido.

Ele ainda chama.

 

Tiago

Pesquisar no site

Ana Caroline e Tiago Bellei © 2010 Todos os direitos reservados.